A FECEA

CONHEÇA A FECEA

ACADEMICOS

DEPARTAMENTOS

  • Twitter
  • Facebook

Fecea já adquire livros dos cursos de Letras, Pedagogia e Filosofia


A Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea) abriu licitação para a compra de cerca de 3,9 mil livros para a biblioteca, num investimento que ultrapassa R$ 160 mil. O número de obras adquiridas de uma só vez é maior do que todo o volume já comprado pela instituição nos últimos dez anos. Entre os livros que estão sendo adquiridos estão títulos para os cursos de Pedagogia, Letras e Filosofia, hoje em funcionamento na Faculdade Municipal Cidade Educação (Faced).

O professor Rogério Ribeiro, diretor da Fecea, explica que a direção da faculdade, juntamente com a bibliotecária, definiu a relação de livros que serão adquiridos em todas as áreas da instituição. Segundo ele, o investimento em títulos dos cursos de Pedagogia, Letras e Filosofia é uma forma de mostrar “responsabilidade” em relação ao processo de implantação dos cursos hoje oferecidos pela faculdade municipal. Serão adquiridos livros para as duas primeiras séries de Pedagogia, Letras e Filosofia, além do curso de Matemática, que é novo na instituição. “Não estamos prometendo comprar os livros; já estamos comprando”, reforça Rogério Ribeiro, lembrando que a abertura das propostas das empresas interessadas deve ocorrer em 1º de dezembro.

O diretor da Fecea explica que o processo de implantação dos novos cursos está avançando. Nesta semana, a faculdade já recebeu os peritos que vieram avaliar a estrutura e o corpo docente para a autorização dos cursos de Filosofia e Pedagogia. Na semana que vem, chega à faculdade o perito para fazer a avaliação do curso de Letras.

Segundo Rogério Ribeiro, o processo de incorporação e a abertura do vestibular para os cursos que hoje são oferecidos pela Faced devem ocorrer até o final do primeiro semestre de 2012, já que existe ainda um longo trâmite burocrático a ser cumprido até a autorização dos novos cursos pelo governador.

“Estamos realizando o trabalho com calma, sem atropelos. A Fecea não quer simplesmente abrir os novos cursos, mas abrir cursos estruturados, com excelência, que tenham biblioteca, corpo docente e infraestrutura, com o mesmo padrão de qualidade dos cursos já existentes na instituição”, completa o diretor da Fecea.